terça-feira, 10 de março de 2009

A promessa de Yahveh a Abraão





De acordo com o relato de Génesis, Abraão teve uma chamada divina e largou a sua terra natal, Ur, para ir se instalar na terra de Canaã, na região que actualmente se chama Palestina. Yahveh prometeu-lhe dar toda aquela terra aos seus descendentes (Génesis 12:1-3).

Só que havia um pequeno problema: Abraão não tinha herdeiros porque Sara, a sua mulher, era estéril (e na Bíblia não há homens estéreis; só às mulheres é que é atribuído este estado...). Para resolver este problema, Abraão fez um filho com a criada egípcia de Sara, Agar, ao qual foi dado o nome Ismael. Muitos anos depois, quando Abraão e Sara eram um casal de idosos, é que milagrosamente tiveram o seu herdeiro legítimo, Isaque.

Ismael é considerado o patriarca de todos os árabes e Isaque é o antepassado dos judeus. Como o Antigo Testamento é literatura judaica, Ismael é retratado com traços menos favoráveis (Génesis 16:12) enquanto Isaque protagoniza como filho preferido e herdeiro. Pelo contrário, na tradição árabe, Ismael é que é o legítimo herdeiro, pois é o primogénito e é referido que Abraão casou-se com Agar.

É necessário referir que, na antiga tradição bíblica, só havia um herdeiro na família que era, em regra, o primogénito. Isto evitava a divisão do património do clã mas, por outro lado, não raramente dava origem a lutas violentas entre irmãos, pois os que não herdavam ficavam sujeitos aos caprichos do herdeiro.

Mais tarde, Deus (El-Shaddai, Deus Poderoso, Génesis 17:1-14) fez novamente a promessa a Abraão de dar toda aquela terra aos seus descendentes. Mas a partir dali, para se lembrarem desta promessa divina, Abraão e todos os seus herdeiros tinham de ser circuncidados, isto é, tinham de se separar do pedaço de pele que cobre a extremidade do seu pénis. Daqui nasceu o ritual de circuncisão, a realizar obrigatoriamente em todos rapazes, no seu oitavo dia de vida. Parece que Deus não gostava de prepúcios (esqueceu-se que foi ele mesmo que inventou o prepúcio, quando fez o homem... e até que não foi uma má invenção, revelando-se muito útil quando está frio...).

Mas Yahveh não inventou a circuncisão - simplesmente plagiou um costume antigo dos egípcios!...

4 comentários:

  1. Por que é "muito útil quando está frio"?

    ResponderExcluir
  2. Isso era só um apontamento de humor.

    ResponderExcluir
  3. Atencao com o NOME DE DEUS NAO SE BRINCA, SABIAS QUE DEUS NAO PERDOA BLASFEMIA?

    ResponderExcluir
  4. Anônimo, como é que sabe que Deus não perdoa blasfémia? quem lhe deu autorização para falar em nome de Deus, cara?
    só os pastores de Deus é que podem falar Dele. tenha respeito!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...