domingo, 20 de outubro de 2013

Século II - Papias de Hierápolis




Papias

Papias (? - 160?), de Hierapolis (Frígia, actual Turquia), escreveu Interpretações dos Dizeres do Senhor, hoje inexistente mas citado por Ireneu e Eusébio. Este último, apesar de o citar, declara-o como “mentecapto”. Possivelmente Papias teria o Evangelho Q como fonte dos “dizeres do Senhor”

Segundo o que é citado, Papias afirmou ter conhecido as filhas do apóstolo Filipe e um tal João, o Idoso. Também afirmou dar mais valor às palavras que ouviu directamente dos “anciãos” ou dos seus seguidores do que aos escritos.

Eusébio cita Papias (200 anos depois) de um modo evidentemente depreciativo (História da Igreja, III, 39).


Outra versão da morte de Judas

Papias de Hierápolis, dá uma terceira versão sobre a morte de Judas, a acrescentar às duas existentes no Novo Testamento. Apolinário de Laodiceia, referindo-se a Judas Iscariotes, cita Papias da seguinte forma:
Judas não morreu enforcado, mas continuou vivo, pois a corda foi partida antes de ele sufocar. E isto está claro nos Actos dos Apóstolos, que ele caíu de cabeça e as suas entranhas derramaram-se. E Papias, o discípulo de João, recorda isto de modo ainda mais claro, dizendo no seu quarto livro das Interpretações dos Dizeres do Senhor:
Judas caminhou neste mundo como um terrível exemplo de impiedade. Ficou tão inchado na carne que nem sequer cabia onde uma carroça facilmente passava
[- nem sequer a sua cabeça passava sozinha. As suas pálpebras eram tão inchadas que ele não conseguia ver a luz e os seus olhos não podiam ser vistos nem sequer por um médico com instrumentos, tal era a profundidade em que estavam.
E os seus genitais pareciam disfigurados e nauseantes. Quando defecava, vermes saíam do seu corpo através das suas partes privadas, devido aos seus pecados. Depois de muitas agonias e punições, ele morreu no seu próprio lugar. Esse lugar está desabitado e desolado, e até hoje ninguém o pode visitar sem tapar as narinas tal foi a quantidade de imundície libertada pelo seu corpo que ficou espalhada no solo.] 
[Tendo sido esmagado por uma carroça, as suas entranhas derramaram-se.] 

Relembrando as duas versões que existem no Novo Testamento (que pode ser lida aqui), vemos que Papias deu preferência à versão de Actos e criou um episódio repugnante para a história do fim da vida de Judas:

Mateus
Actos
Judas mostra-se arrependido da traição
Judas não se arrepende
Judas devolveu o dinheiro da traição e os sacerdotes compraram um terreno (de um oleiro, como se fosse relevante...) com esse dinheiro;
Judas comprou um terreno com o dinheiro da traição;
Judas cometeu suicídio enforcando-se;
Judas caiu (presumivelmente de um local alto - entendendo-se uma queda acidental) e, quando caiu, as suas entranhas espalharam-se pelo solo;
o Campo de Sangue chama-se assim porque foi comprado com o “preço de sangue”;
o Campo de Sangue chama-se assim por causa das entranhas derramadas;

  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...